Informe seu e-mail para receber nossa Newsletter:

Newsletter:

Esportes

Cidade: SÃO SEBASTIÃO


esporte: CANOAGEM

Pode ser praticado na Barra do Una.

esporte: ESPORTES NÁUTICOS

VELA: A vela talvez seja a opção mais natural de São Sebastião. O canal abrigado por Ilhabela faz embocar ventos na medida certa para as várias classes de veleiros que transitam por ali, sobretudo os monotipos. O canal já foi o berço de muitos talentos locais e de fora, pois tem ventos regulares soprando durante todo o ano. Mesmo no inverno, alguns dias são quentes e com bons ventos.

A Praça da Vela, no Porto Grande, tem infra-estrutura para a montagem dos barcos e pranchas de windsurf, que saem dali para colorir o canal. Veleiros maiores encontram abrigo em poitas no bairro São Francisco e nos iate clubes de Ilhabela.

Também por esta vocação é que São Sebastião foi escolhida para ser o único ponto na América Latina onde ancoraram os veleiros participantes da Whitbread - Regata Volta ao Mundo, em de fevereiro de 98.

esporte: ESPORTES NÁUTICOS

SURF: Bom ponto para surf é a Praia Brava, entre Maresias e Boiçucanga. O acesso é só para quem é bom motoqueiro, alugou um barco ou tem saúde para subir um morrão carregando uma prancha. Mas o esforço recompensa. Nos dias em que o bicho tá pegando em Maresias, a praia é um point menos freqüentado e com boas ondas.

Outras opções diferentes são as ondas dAs Ilhas e de Montão de Trigo, com acesso permitido somente a um seleto grupo de iniciados, onde haole não tem vez.

Camburi não decepciona pois, além de ondas, ainda tem um quê de agito e gatinhas na areia. As morras se alternam entre seus dois cantos, dependendo da direção do swell, que pode ser de sul ou leste.

De Juquehy vêm algumas das mais recentes revelações do surf caiçara e brasileiro. Sinal que a praia tem história para contar.

Paúba é paraíso durante pouquíssimo dias do ano, quando as ondas quebram perfeitas.

Se o seu moleque acabou de ganhar a primeira prancha ou se você se diz um big rider, mas teve um ataque de paúra naqueles dias de mar ressacado, a alternativa é o Guaecá. A galera do surf fica no canto sul, encarando ondas legais, mas sem muita ousadia.

esporte: MOTO-CROSS

Dotada de uma natureza exuberante, São Sebastião possui várias opções de trilha para a prática do motociclismo off/road, sendo de curta ou longa distância, trilhas com belas paisagens, vistas, cachoeiras e muita mata nativa. Há um circuito próximo ao centro da cidade, onde já foi palco do campeonato paulista de Mountain Bike e hoje é utilizado pela galera do Motocross, há também Single Track´s radicais e muitas estradas em meio a mata, perfeitas para quem curte Cross Country e Enduro, a mais conhecida é a estrada da Limeira, que começa em São Sebastião e termina em Caraguatatuba.

esporte: MOUNTAIN-BIKE

São Sebastião - Além da estrada, que já tem o visual das praias ao fundo a cada subida e descida, há também os morros para quem quer se arriscar um pouco mais. No morro do bairro Porto Grande, o circuito fica nos fundos do bairro, com entrada pela rua Eduardo Cássio, no pé do morro.

esporte: TREKKING

Há muitas trilhas na região, não deixe de conferir!!!

TRILHA DAS CACHOEIRAS DO RIBEIRÃO DE ITÚ

Atrativos: Está localizado quase toda dentro do Parque Estadual da Serra do Mar, em área da Mata Atlântica, com banhos de cachoeira. A trilha cruza o Ribeirão de Itu pelo menos em nove pontos.
Início: Boiçucanga, em São Sebastião.
Final: Estrada do Rio Pardo, em Caraguatatuba.
Tempo de Percurso: 6 horas (8,2 Km). Apesar do longo percurso, há poucas áreas com grande declividade (íngremes) na trilha.
Dificuldade: Média (indicada apenas com guia).

TRILHA GUAECÁ - PRAINHA BRAVA (COSTÃO DO NAVIO)

Atrativos: Costão rochoso, praia arenosa, banhos de mar.
Início: Canto sul da praia de Guaecá.
Final: Prainha Brava (Perigosa para banho)
Tempo de percurso: 1 hora

TRILHA BURACO DO CAIÇARA

Atrativos: Vista do Guaecá a do Canal de São Sebastião, banhos de cachoeira.
Início: Atrás do bairro Topolândia (em cima da faixa do oleoduto da Petrobras).
Final: Bairro de Guaecá.
Tempo de percurso: 5 horas (7km).
Dificuldade: Média (indicada apenas com guia).

TRILHA DA PRAIA BRAVA

Atrativos: cachoeira, praia deserta, mergulho, mata atlântica, ondas boas para surf.
Início: são duas vias de acesso, através do oleoduto em Boiçucanga ou na subida da serra de Maresias (acesso pode ser a pé ou de moto).
Final: Praia Brava.
Tempo de percurso: 1 hora de caminhada (cerca de 2km).
Dificuldade: praia perigosa para banho com forte correnteza.

TRILHA DO JARAGUÁ

Com duração em média de 2 horas, eque compensa toda a beleza que será apreciada por quem opinar por este passeioo grupo segue acompanhado de guia que dá informações sobre a fauna e flora da mata atlantica, o passeio é muito agradavel e pode ser feito por todas as idades, o passeio é com certeza uma experiência inesquecível ainda mais com um belo banho de cachoeira com um ecorregador natural.

Voltar

PUBLICIDADE