Informe seu e-mail para receber nossa Newsletter:

Newsletter:

Esportes

Cidade: DELFIM MOREIRA


esporte: ASA-DELTA

Bicas – Sentido Fazenda Boa Esperança 12 km. Para quem gosta e entende de pescaria de Trutas. Barreira 10 km – Rampa de Asa Delta. Existe uma excelente rampa para a prática de vôo livre.

esporte: BÓIA-CROSS

Praticado na Cachoeira do Areião.

esporte: CAVALGADA

Praticado na Fazenda JB Duarte e Rancho Wind Inn.

esporte: MOUNTAIN-BIKE

Trilha do Mosteiro – O início desta pedalada é bem em frente à antiga estação ferroviária de Delfim Moreira. Deve-se seguir em direção a Itajubá pelo antigo leito da estrada de ferro. Por este trecho, são quase 12 km por uma leve descida e com uma paisagem deslumbrante. Chega-se então em um pequeno vilarejo, conhecido como Água Limpa. Alguns botecos dão movimento ao local e servem para um rápido abastecimento, pois daí em diante o bicho vai pegar com as subidas que estão por vir. Siga a placa “Mosteiro de Santa Clara”.

A subida já começa forte. Jogue a primeirinha e não desanime. A cada km percorrido a paisagem belíssima da Serra da Mantiqueira dá mais ânimo para seguir em frente. Ao passar pela fazenda Santa Clara, a impressão que dá é de estarmos no topo da Serra. É só impressão, pois tem mais subida, com algumas descidas para aliviar até o Bairro de São Bernardo no Km 26.

Passando o pequeno vilarejo, percorremos mais 1 km até a tão esperada descida. Descemos forte por quase 5 km até chegar novamente ao antigo leito da estação ferroviária. Só que agora, seguimos em direção a cidade. O passeio termina em frente ao ponto de partida, após 35 km de pedaladas.

Trilha do Barão – O início do roteiro fica a 12 km da cidade, e a melhor maneira é seguir de carro. Siga pelo asfalto em direção ao Vale do Paraíba, até o posto da barreira, quase na divisa dos Estados de MG e SP. Zere o odômetro e siga ainda pelo asfalto em direção a SP. Em menos de 2 km chegamos ao Estado de SP e um pouco mais a frente ao início da estrada de terra, ao lado da Polícia Rodoviária.

Zere novamente o odômetro e suba em frente pela estradinha. Prepare-se porque a subida é longa. Logo a frente uma parada obrigatória na rampa de asa-delta. Dali é possível ver algumas cidades do Vale do Paraíba e também ter a idéia de altitude – em algum trecho chegamos a quase 2000 metros.

Seguimos em frente, a estrada praticamente abandonada em alguns trechos vira um single track de deixar qualquer um maluco, tamanha a beleza do local. Grande parte do caminho, segue beirando a Serra.

Seguindo nossa pedalada, uma erosão no km 2,32 força qualquer um a empurrar as bikes. Em alguns trechos não se assuste com enormes montes de pedras ou terra do barranco que veio para baixo, dando a impressão de final de pedalada. Fique tranqüilo, pois todos estes trechos possuem caminho pedaláveis ou empurráveis.

Depois de muita subida, a descida parece lá pelo km 7. A estrada até melhora, pois logo a frente descobrimos o motivo: este trecho é o acesso a uma torre de TV instalada no pico do morro, a uns quase 2500 metros. Se estiver com fôlego e pernas, vale a pena subir até lá. Descendo em frente, lá pelo km 10, observamos sinal de vida em algumas casas. Tem até uma pica d’água onde é possível reabastecer. Mais descidas e chegamos a uma bifurcação no km 11,50. Seguindo em frente, a estrada passa pela abandonada Vila de São Francisco e uns 40 km dali a cidade de Campos de Jordão.

Zeramos o odômetro e seguimos em sentido contrário, entrando à direita em direção à ponte. A partir daí são quase 3 km de subida, não tão pesada como as anteriores. Depois da longa subida vem o prêmio: uma longa descida de mais de 6 km. Só cuidado com as curvas fechadas e não esqueça de parar na cachoeira no km 6,25. A pedalada termina no mesmo local de saída, no Posto Barreira, após 21 km.

esporte: OFF-ROAD

Pico dos Marins – Passeio de 1 dia. 25 km de jipe ou carro. A trilha e de razoável nível de dificuldade, logo no começo o primeiro Morro é o Careca, acima a trilha se torna mais difícil nos 15 minutos seguintes devido à mudança de altitude, também devido aos enormes paredões de pedra.

Do Careca ao Cume, a caminhada pode durar de 2 a 5 horas. O Pico dos Marins está a 2.422 metros de altitude. É o segundo ponto mais alto do Estado de São Paulo. A maior proximidade e o acesso são por Delfim Moreira. A vista é deslumbrante.

Santo Cruzeiro – Bairro de São Bernardo –saída da Pousada Santo Cruzeiro 9 km que podem ser feitos à cavalo ou jipe. Existe também a trilha para se fazer trekking, estamos a 1.207 metros de altitude e chegaremos a 1.800 metros pela mata.

Charco – 25 km. Pesqueiro, Indústria de Trutas (BR 459) sentido a Campos de Jordão com muitas fazenda, morros e vales. Vários lugares para pescaria nativa.

esporte: TREKKING

Trilha do Lú – Saída as 10 horas sentido a Cachoeira Belíssima. São 45 minutos de caminhada. Pode ser feita a descida de rapel pela lateral da cachoeira. Breve descida de tirolesa. A caminhada de volta pode ser feita por dentro do rio.

Trilha do Marlon – Travessia através de uma ponte de 3 cordas a Cachoeira da Lena. Nessa trilha com variadas quedas são encontrados poços para um bom banho de cachoeira. Pode-se fazer um piquenique sobre uma imensa pedra no fim da trilha. Neste passeio são encontradas várias espécies de orquídeas e bromélias. Trinta minutos de caminhada pela trilha.

Da Sede a São Francisco dos Campos – Caminhada de 4 km pela mata, passando por várias cachoeiras, como a do Tatu por exemplo, chegando no alto da Bocaina a 2.013 metros de altitude. Passeio belíssimo!!! Neste lugar encontramos a Casa do Barão da Bocaina. Dizem que exatamente neste lugar deveria ser construído o Hospital que foi feito em Campos de Jordão, mas o governo de Minas na época não permitiu. Um longo passeio, proporcionando uma boa caminhada em um ambiente relaxante. Os passeios também poderão ser feitos à cavalo, que a própria fazenda oferece. Existe uma cachoeira próxima ao restaurante da Fazenda que é iluminada a noite, junto dela, uma vegetação muito alta, com destaque a uma araucária também iluminada.

Todas as cachoeiras da Região possuem trilhas.

Voltar

PUBLICIDADE