Informe seu e-mail para receber nossa Newsletter:

Newsletter:

Notícias

JARDIM BOTÂNICO INAUGURA O MUSEU DO MEIO AMBIENTE, PRIMEIRO DO GÊNERO NA AMÉRICA LATINA

JARDIM BOTÂNICO INAUGURA O MUSEU DO MEIO AMBIENTE, PRIMEIRO DO GÊNERO NA AMÉRICA LATINA

Após um ano de reformas, financiadas pela Petrobras e pelo BNDES, na próxima quinta-feira, 3 de julho, o Jardim Botânico abre ao público o Museu do Meio Ambiente.


 

Após um ano de reformas, financiadas pela Petrobras e pelo BNDES, na próxima quinta-feira, 3 de julho, o Jardim Botânico abre ao público o Museu do Meio Ambiente. É o primeiro museu do gênero na América Latina e terá, na inauguração, a exposição temporária sobre Domenico Vandelli. O naturalista criou o Jardim Botânico e o Museu de História Natural de Coimbra, e ainda influenciou Don João VI a montar um Jardim de Aclimação de espécies orientais no Rio de Janeiro, além da criação do Banco do Brasil.

 

A mostra, que estará aberta ao público de 4 de julho a 31 de agosto, terá visitação gratuita de terça a domingo, das 10h às 17h. A inauguração do museu faz parte das comemorações do bicentenário do parque e já se planeja uma exposição permanente sobre a questão ambiental no Brasil e no mundo. Ocupando uma área de 800 metros quadrados em um prédio histórico de dois andares da Rua Jardim Botânico, a expectativa é de que o espaço passe a receber um público de 600 mil pessoas por ano, assim como o Jardim Botânico, para visitar as exposições em cartaz.

 

As mostras vão ocupar áreas de diferentes tamanhos no prédio, distribuídas no térreo e no 1° pavimento. Haverá 16 ambientes de exposição, hall de entrada para informações ao público, serviços e banheiros, além de uma cafeteria e uma livraria no subsolo. No calendário do museu, estão previstas, para outubro e novembro, a exposição Revolução Genômica, atualmente no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, e a exposição sobre o físico alemão Albert Einstein para março de 2009.

 

 

Referência: OGlobo

 

 

Voltar

PUBLICIDADE