Informe seu e-mail para receber nossa Newsletter:

Newsletter:

Notícias

ADRENALINA OU RELAX TOTAL NOS VALES DA GALILÉIA

ADRENALINA OU RELAX TOTAL NOS VALES DA GALILÉIA

Região de natureza preservada convida a praticar esporte, curtir spas e descobrir ruínas arqueológicas


 

Campos, vales e montanhas dão o clima pastoril aos vilarejos da Galiléia. Tudo é muito verde nessa região ao norte de Israel, onde colher plantas silvestres é infração gravíssima. Com tanta natureza preservada, o destino se revelou perfeito para quem quer aventura ou apenas relaxar em águas termais. Tudo isso sem perder o foco cultural-histórico-religioso, claro. Afinal, você está no berço do cristianismo, no cenário do Novo Testamento.

Ao redor do Mar da Galiléia, que na verdade é um lago (Lago Kinneret), estão os principais pontos de interesse turístico. Comece a viagem pela Baixa Galiléia, dominada pelo Vale de Jezreel, área que já foi palco de batalhas de egípcios, assírios, persas e romanos.

A pitoresca Tiberíades serve de base para explorar a região. A cidade é rica em fontes termais e spas, freqüentados desde a Antiguidade, tem restaurantes típicos, hotéis de primeira categoria e inúmeras opções de esportes aquáticos. Caminhe pelo calçadão que contorna a orla para sentir a alma do lugar.

Agora, se a inspiração da viagem for religiosa, não deixe de conhecer a tumba do filósofo e físico espanhol Moisés Maimônides. Considerado a maior autoridade espiritual desde o período talmúdico (séculos 4º e 5º), ele foi morto no Egito e enterrado em Tiberíades, que, então, tornou-se uma das cidades sagradas para o judaísmo.

A rota religiosa segue por cidades como Cafarnaum, Tabgha e Nazaré. Cafarnaum foi à aldeia do profeta Naum. Lá estão lugares importantes como a casa de São Pedro, onde hoje existe uma igreja bizantina. Já em Tabgha ocorreu a multiplicação dos pães e peixes e o encontro com Pedro e os discípulos após a ressurreição.

Nazaré é a cidade mais cristã de Israel. Sua mais famosa atração é a Igreja da Anunciação, a maior do Oriente Médio e a quinta a ser construída no local onde o anjo Gabriel teria dado à Maria a notícia de que seria mãe do filho de Deus.

Se sobrar tempo, vale visitar Megiddo (Armagedon) para conhecer um kibutz, ou fazenda comunitária, estrutura rural estabelecida na virada do século 20 que foi fundamental para o desenvolvimento da agricultura do país.

ALTA GALILÉIA

Vales verdejantes - e os picos mais altos de Israel - rodeiam Safed, a principal cidade da Alta Galiléia. A região guarda relíquias arqueológicas, como fortalezas dos povos muçulmanos e dos cruzados, sinagogas, templos romanos e palácios canaanitas. Mas também é conhecida pela natureza ainda intocada que permite a prática de esportes de aventura.

De Safed, explore a Cachoeira de Banias e a Reserva Natural de Hula. Pelas florestas, montanhas, correntezas e cachoeiras, o turista pode fazer variadas atividades. Cavalgadas, canoagem, rafting e rapel são os mais populares.

Galiléia: http://www.galilee.gov.il/

 

 

Referência: Estado de São Paulo ( http://www.estadao.com.br/ )

 

Voltar

PUBLICIDADE