Informe seu e-mail para receber nossa Newsletter:

Newsletter:

Notícias

ROCK AND ROLL ECOLOGICAMENTE CORRETO

ROCK AND ROLL ECOLOGICAMENTE CORRETO

Essas são apenas algumas das várias ações atreladas ao SWU Music and Arts Festival, um festival de música e sustentabilidade que irá agitar Itu de 09 a 11 de Outubro...


 

 

 

05.10.10

 

 

Quem levar a conta de luz comprovando redução no consumo de energia no último mês terá 10% de desconto nos produtos SWU. Também na fazenda Maeda, em Itu, serão plantadas árvores para compensar a emissão de carbono gerada pelo transporte dos artistas e do público. Ainda será disponibilizada uma ilha de geração de energia solar para recarga de celulares e afins. Essas são apenas algumas das várias ações atreladas ao SWU Music and Arts Festival, um festival de música e sustentabilidade que irá agitar Itu a partir de sábado até o dia 11 de outubro.

 

 

Grandes nomes da cena musical estarão presentes no evento, como Rage Against The Machine, Linkin Park, Sublime with Rome e Dave Matthews Band. Mesmo com todas as opções de shows, serão 60 ao todo, há quem também se interesse pelas palestras sobre o meio ambiente, como a roqueira e professora de sociologia Flávia dos Santos, integrante da banda sorocabana Biggs. Paralelamente às apresentações, será realizado no local o "Fórum Global de Sustentabilidade Fazer um Mundo de Diferença", que reunirá 44 personalidades nacionais e internacionais para discutir soluções, oportunidades, ideias e experiências para um mundo mais sustentável.

 

 

Flávia conta que pretende ir em dois dias ao festival, principalmente para conferir os shows de Rage Against The Machine e Queens of the Stone Age. Politizada e consciente dos problemas ambientais, deseja também acompanhar as discussões do fórum. "Estou preocupada com o festival, pois foi criado um marketing grande com a questão da sustentabilidade, só que a sustentabilidade tem a ver também com inclusão, o que é contraditório porque o preço dos ingressos é um absurdo", diz.

 

 

Conforme ela, com exceção do preço, um festival contemplar a sustentabilidade é importante. "É comum a gente ir a vários festivais e fica um lixo só depois. Pelo que estou sabendo lá terá um stand onde vai ser possível trocar peças de roupa, as pessoas poderão levar uma antiga e trocar por outra. Achei isso super interessante. Unir a música com uma postura sustentável é sempre positivo. A música tem essa proposta de inovação de mente, então combina. O que não pode acontecer é o evento ser apenas um marketing em cima do meio ambiente, onde se ganha muito dinheiro", observa.

 

 

Grandes nomes fazem palestras

 

 

O Fórum Global de Sustentabilidade reunirá personalidades internacionais e nacionais. São 24 palestrantes e outros 20 convidados entre especialistas, pensadores, empresários e representantes de entidades não-governamentais. Durante os três dias do Fórum, eles discutirão com o público alguns dos principais temas da sustentabilidade no século 21: "Negócios Sustentáveis", "Inclusão de Minorias" e "Jovens e Meio Ambiente". O fórum funcionará entre 12h e 14h40, sob curadoria da norte-americana Kate Dohring e da brasileira Lala Deheinzelin. No período da tarde, entre 15h e 21h, serão realizadas oficinas e atividades com apelo sustentável. Interessados em assistir devem participar de um concurso cultural acessando o regulamento no portal www.swu.com.br

 

 

Entre os participantes das palestras está Ken Goldestein, cineasta famoso pela produção de grandes documentários e vídeos educacionais. Já ganhou vários Emmy´s e trabalhou com Oprah Winfrey. Falará sobre como usar a arte para conectar pessoas à sustentabilidade. Sobre o tema inclusão de minorias, participam Jeff Corwin, também vencedor do Emmy e apresentador de várias séries do Animal Planet e do Discovery Network; e John Paul Dejoria, que era sem-teto e tornou-se um empresário bilionário.

 

 

 

 

Referência: Jornal Cruzeiro do Sul


Voltar

PUBLICIDADE