Informe seu e-mail para receber nossa Newsletter:

Newsletter:

Historico

Cidade: CAPITÓLIO


Em 1893, Capitólio e sua imediações não passavam de matas virgens e de terras férteis e muito promissoras. Foi nesse ano que surgiu o desbravador Pedro Messias, auxiliado por colonos conseguiu transformar sua propriedade em lavouras férteis, prometendo um futuro à recém habitada região.

Entre 1895 e 1900 uma povoação não tardou a surgir, com o aparecimento de novos agricultores. O primeiro nome do povoado surgido de maneira natural e espontânea, foi "CASA DE PEDRAS", passando logo para "ARRAIAL DOS CABEÇAS", em homenagem aos produtores que eram chamados pelo apelido de "cabeças", devido a suas condições de líderes incontestáveis.

Quanto mais se tornava conhecida a região, mais gente aparecia no arraial. Foi quando uma família numerosa ali se fixou e se tornou conhecida e popular, chegando a deixar seu sobrenome como denominação do próprio lugar. Assim o "ARRAIAL DOS CABEÇAS" passava a se chamar "ARRAIAL DOS FRANCISCOS".

Uma capela dedicada a São Sebastião foi erguida no arraial, motivo de mais uma mudança no nome do povoado, já que entrava em cena a mineirice religiosa e diplomática do povo, mudando novamente o nome para "Arraial De São Sebastião Dos Franciscos".

Pelos inícios da década de 1920 o arraial adquiria foros de distrito . Foi nesse década que o Dr. Abel de Morais Bello comunicou oficialmente e em público a elevação de "São Sebastião Dos Franciscos" à categoria de distrito de Piumhi com o nome de "CAPITÓLIO". A palavra "capitólio" vem do latim e se relaciona com o radical "capit", que significa "CABEÇAS" merecida lembrança dos cabeças do distrito e sentimental regresso às origens da povoação.

Em 1962, Furnas inundou boa parte da região para a construção da hidrelétrica. As águas do Rio Grande alagaram vales e fazendas, representando naquela época um grande prejuízo para a economia local.

Capitólio tem hoje 523 Km² , sendo que 117 Km² estão cobertos pela águas da represa de Furnas . As águas de Furnas propiciaram o turismo que consequentemente fez com que houvesse um incremento nos setores secundários e terciários.

Voltar

PUBLICIDADE