Informe seu e-mail para receber nossa Newsletter:

Newsletter:

Historico

Cidade: CASIMIRO DE ABREU


Município de Casimiro de Abreu está situado na Zona da Baixada de Araruama, datando do início do século XVIII o desbravamento de seu território. O município atual originou-se da antiga aldeia dos índios Guarulho, fundada pelo capuchinho italiano Francisco Maria Táli, no lugar hoje conhecido como Aldeia Velha. Em 1748 foi erguida a primeira capela dedicada à Sacra Família, tendo a povoação nascente recebido, em 1761, foros de freguesia, sob a denominação de Sacra Família de Ipuca, declarada perpétua em 1800. Arruinada a capela, e devido à ocorrência freqüente de surtos de epidemias na localidade, foi a sede da freguesia transferida para junto da foz do rio São João, onde depois se edificou uma igreja consagrada a São João Batista.

Em 1843, o Governo Provincial aprovou a demarcação dos limites da povoação de Barra de São João. Três anos mais tarde, o progresso verificado na florescente localidade era tal, que o governo elevou-a à categoria de vila, com a denominação de Barra de São João, conservando os limites da freguesia em que ela estava colocada.

Logo de início, esse município teve regular desenvolvimento no que concerne à agricultura e, até os fins do século XIX, conseguiu manter essa situação. O Porto de Barra de São João florescia, com a função de coletar e exportar para o Rio de Janeiro a produção cafeeira de Cantagalo. À exportação da produção, se somava a importação clandestina de escravos, que deveriam fortalecer o núcleo portuário. Com a Lei Áurea, a exemplo do que sucedeu com os demais municípios fluminenses, Barra de São João também sofreu um declínio notável na sua produção agrícola.

Por volta de 1880, foi construída a linha férrea, com vistas a levar a Macaé os trilhos da futura Leopoldina Railway. Junto às estações, nasceram os povoados de Indaiaçú, Professor Souza, Rio Dourado e Rocha Leão. Mais tarde, com a decadência da atividade portuária, a sede da comuna foi deslocada ora para Indaiaçú, ora para Barra de São João, até que em 1925 foi fixada em Indaiaçú, que passou a denominar-se Casimiro de Abreu.

Voltar

PUBLICIDADE