Informe seu e-mail para receber nossa Newsletter:

Newsletter:

Historico

Cidade: ITAMONTE


O Paraíso Ecológico

Em meados do século XVI, o donatário Martin Afonso de Souza, da Capitania de São Vicente (SP), ordenou que seus homens conhecessem o interior do País. Em 1531, depois de percorrer 115 léguas, atravessando florestas virgens e transpondo as Serras do Mar e Mantiqueira, a primeira expedição chegou a São José do Itamonte. O grupo tomou a garganta da Lapa - vertente Leste da Mantiqueira, entre os Estados do Rio de Janeiro e São Paulo, passou pelo Alto do Registro, acompanhou o curso do Rio Capivari até a confluência com o Rio verde. Deparou, no caminho, com um Monte, um Pico, o Picú, que desde então é ponto de orientação para quem chega à Região. O povoado passou a ser chamado de São José do Picú, até a sua emancipação na década de 50, quando passou a Itamonte (Pedra do Monte ou Montanha de Pedra).

Durante séculos a cidade foi apenas passagem para quem tinha, como destino, o chamado Circuito das Águas. Hoje, como à época das Bandeiras, Itamonte está sendo descoberta por aqueles que se "aventuram" a transpor as Serras do Mar e da Mantiqueira, num percurso médio de 250 km até São Paulo ou Rio de Janeiro.

Itamonte é o Paraíso Ecológico mais próximo das duas maiores Metrópoles do País. O clima parece ter sido trazido pelos europeus: temperaturas entre 25o positivos (no verão) e 5 negativos (no inverno). A vegetação é típica de altitude (campos de altitude, como nos Andes), como bosques de Araucárias (Pinheiro do Paraná) e Mata Atlântica. No Município, a topografia varia entre 800 e 2600 metros de altura (nas Agulhas Negras).

Itamonte é hoje o Município de maior potencial para o Turismo Ecológico em Minas Gerais, segundo a EMBRATUR. Com isso, começam a crescer os Hotéis e Pousadas na Área Rural, que tem dezenas de cachoeiras, trilhas e caminhos históricos a serem visitados. Tem também a pesca de Truta e outros peixes nativos da água fria e mais a PESCA ESPORTIVA. Em Itamonte é lei o Pesque e Solte (Catch-Release), ou seja, o anzol não tem fisga e o peixe é devolvido às águas límpidas dos rios.

Hoje, a meta da cidade é Educar para Preservar. Itamonte é ideal para a prática de esportes como vôo livre, montanhismo, cavalgadas. Ao mesmo tempo em que oferece o clima ideal para encontro harmonioso entre o Homem e a Natureza.

Faz parte do Parque Nacional de Itatiaia e da Reserva Ecológica do Bico do Papagaio. É dos municípios com maior extensão na APA da Mantiqueira. Itamonte tem muitos caminhos que levam a encontros com comunidades que preservam a "tradicional cultura mineira", na fabricação artesanal dos queijos tipo parmesão e Minas, da manteiga batida na mão, da tecelagem e tingimento de cobertas de lã e, principalmente, na maneira de ser, falar e viver, que devem ser cuidadas do mesmo modo que as Matas e os Rios.


GARRAFÃO

LENDÁRIO LOCAL DO INÍCIO DE NOSSA COLONIZAÇÃO.

Animados os Jesuítas chegaram a construir túneis para desviar a água de seus cursos naturais, para que pudessem bateiar ouro e pedras preciosas nas terras do Garrafão. Pertencendo à Alagoa e a Itamonte, foi sempre lugar de acampamento de aventureiros locais ou não, à procura de histórias de contatos com extraterrestres, UFOS, já tendo sido citado em mecanismos de comunicação como a RAI e outros como ponto de contato. Atualmente, direcionado mais ao turismo ecológico, com fauna e flora em recuperação, acesso de pouca dificuldade, é ideal para repouso e meditação. Uma energia mística emana no local!

Voltar

PUBLICIDADE