Informe seu e-mail para receber nossa Newsletter:

Newsletter:

Historico

Cidade: VISCONDE DE MAUÁ


Herança do Visconde, depois Barão de Mauá, as terras da região foram colonizadas a partir do final do século XIX. Anos mais tarde, chegam os primeiros imigrantes europeus, vindos principalmente da Alemanha e Finlândia (estes se estabelecendo em Penedo), que se adaptam ao clima e à topografia, parecidos com os de suas origens. Trabalham, basicamente, com pecuária leiteira.

Já nos anos 30 o presidente Getúlio Vargas escolhe a região como possível refúgio durante a Revolução Constitucionalista. O presidente não precisou se esconder, mas admirado com as belezas naturais, criou o Parque Nacional de Itatiaia, em 1937. Visconde de Mauá volta a ser lembrada nos anos 70, quando os hippies fazem das vilas uma Shangri-La brasileira, criando comunidades alternativas em convívio com a população local. O turismo de inverno toma força a partir do final dos anos 80, com a superlotação de cidades como Campos do Jordão e Monte Verde. Hoje Mauá é ponto obrigatório também para ecoturistas e praticantes de esportes radicais, como rafting e canoagem.

Devido as suas montanhas e as baixas temperaturas no inverno é comum comparar Visconde de Mauá com o clima alpino encontrado na Europa. No entanto, a história da região passa pela pecuária leiteira, pelas grandes fazendas, e começou a ser escrita no início da República, quando os imigrnates chegaram a Serra da Mantiqueira para trabalhar como camponeses no Brasil. Naquela época, o comendador Henrique Irineu de Souza, filho e herdeiro do Visconde de Mauá, obteve permissão do governo para instalar no vale do Rio Preto o núcleo colonial de Visconde de Mauá. A colonização dos imigrantes teve papel importante na vida da região. Foram eles os responsáveis pela ocupação definitiva destas terras.

Na década de 70, grupos de jovens com mochilas nas costas e cabelos compridos povoaram a região e trouxeram a fama de "paraíso dos hippies". Junto com eles vieram os artesãos e artistas. Nos anos 80, a região de Visconde de Mauá se tornou o refúgio de pessoas que vivem nas grandes cidades. Milhares de visitantes de todas as cidades procuram a serra para desfrutar da sua beleza restauradora.

Voltar

PUBLICIDADE